Uma sociedade diante das circunstâncias e as opressões da vida

O ser humano é especialista em fazer projeções negativas diante de qualquer situações desagradáveis..

Quando ouve-se  falar em economia, saúde, relacionamento desfeitos, muitos parecem que receberam o veredito de uma derrota que se aproxima..

Porque isso está se tornando tão comum em uma sociedade, que a cada dia tem se criados formas para facilitar sua vida neste campo terreno. Meios de pagamentos, consulta online médicas, home school, coshing em todas áreas  imagináveis..?

Apesar do homem está diante de tanta evolução tecnológicas, ele permanece com as mesmas carências de qualquer homem que um dia pisou nesta terra..

Ao nos depararmos com os Salmos de Davi e o choro do profeta  Jeremias. Podemos ver que a ansiedade e o medo é algo recorrente na humanidade. Cada vez que o homem se afasta do seu criador essas mazelas se tornam cada vez mais evidentes.

lembre-se que sua conta bancária recheada de dólares, seu vigor físico e suas amizades influentes não te livrará, dessas opressões que só o autor da vida é capaz de libertar todo e qualquer nascido de uma mulher..

O que temos é que olhar para o alto e esquecer os altos ( Os lugares altos foram originalmente dedicados à adoração de ídolos (Números 33:52, Levítico 26:30), especialmente entre os moabitas (Isaías 16:12). onde se levantam altares de adoração aos deuses estranhos da vida. E por a nossa confiança no Senhor que fez o Céu e a terra. Na certeza que as circunstâncias são pontes para nos conduzir ao propósito estabelecido por Deus. 

Quem imaginaria que a prisão de José seria o caminho para ele se tornar governador do Egito?

A verdade é que as circustâncias não podem superar o nosso propósito. Somos estimulados diariamente a mudar de rota, no engano que as coisas serão mais fáceis.

Muitas são, Senhor meu Deus, as maravilhas que tens operado para conosco, e os teus pensamentos não se podem contar diante de ti; se eu os quisera anunciar, e deles falar, são mais do que se podem contar. Salmos 40:5

Pr Ebenezer Saint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: